11 January 2008

ATADO : Penas & Materiais mundanos"




A questão de um ano e meio +-, comecei um tópico no fórum da caterva com exatamente o mesmo título deste Post : "ATADO : Penas & Materiais mundanos", e como sempre, a discussão foi bem legal, com a participação animada da galera Mosqueira da caterva.

Depois de muita discussão, extraí uma "listinha" bem humorada contendo então as principais opniões e conclusões que chegamos naquela época.

Hoje relendo toda a discussão achei o resultado todo tão legal que resolvi replicar aqui tanto a pergunta inicial quanto a lista de conclusões. Cabe também creditar todos os colegas caterveiros que participaram das discussões, opinando de uma forma ou de outra. Na realidade, este post também ilustra a força que os fóruns de pesca exercem... Afinal de contas, sem estes, onde mais seria possível reunir tantas pessoas de tantas regiões do brasil para se discutir atado ?!!!

Segue aqui a pergunta orginal e na seqüência a lista de resultados :

"Srs, tenho um livro de atado no qual o autor logo na introdução fala algo do tipo : "Atar moscas muda sua visão do mundo, pois quando vc vê um animal morto na beira da estrada você passa a vislumbrar a possibilidade de transformar partes daquilo em arte"

Talvez seja exagero, talvez não, num sei, já dizia Dadá maravilha "Cada um cada hum e Dadá só Dadá" hehe...

O fato é que depois de engatar uma 1a nesse lance de atado passei a enxergar meu cachorro como matéria prima (dubbing preto no caso), já testei diversos pedaços de cobertores aqui de casa pra fazer umas ninfinhas... Promovi uma pilhagem no estoque de lã da minha mãe e etc...
Sem contar a adaptação de ferramentas para o atado hehe...

Outro dia tava conversando com um colega mosqueiro e perguntei : "Cara, vc já atou com pena de pomba ? E com pena de Pardal ? Codorna talvez ?"

O amigo ficou indiganado !! hehehe curtiu uma com a minha cara e falou :

"P*rra ! Issu num é material de atado !! é umas porcarias mundanas"
hahahahaha

Então vem a pergunta... Vcs já ataram com penas "mundanas" ? materias esquisitos ? quais os resultados ?
Outro dia aprendi com um grande colega atador daqui que o conteudo de uma semente (aqui por Sorocaba conhecida por Paina ou algo assim) é um dubbing Dry fantástico...

Até mais !"

E a listinha de conclusões :

"Srs, Fazendo um resumão até o momento temos :

1 - Testar o efeito dos materiais "mundanos" nas moscas de maneira prática e ver o que acontece com a mosca.
2 - Cabelo da Barbie dá bons Ultra Shrimps
3 - Pena de Urubu pode render algumas coisas interessantes

4 - Pelos de gato e cachorro (vamos desconsiderar S*co do Nelsão por uma questão de respeito, e afinal de contas, ao menos na teoria, cada um que produza seu dubbing "s*cal" !! hehehehe ) rendem um dubbing legal. Lembrando ainda das receitas de dubbing sintético do Nelsão.

5 - A sacada de usar penas de pássaros como canários, azulões e etc...
vale a pena o teste.
6 - Para o aprendizado, utilizar o material clássico, e depois partir para adaptações...
7 - Da qualidade das ferramentas e a precisão do atado e a habilidade do atador, produzem um produto com alto grau de excelência.
8 - Disponibilidade financeira influência diretamente em quanto material "alternativo" é utilizado.
9 - Tanto um material clássico quanto um alternativo podem ser vagabundos... ou excelentes...

10 - Alternativo não é sinônimo de substituto.

11 - 2 tipos de mosca : pra pescar e pra mostrar...
12 - The Democratic Fly Tier !! Gostei da frase !!! "

1 comment:

Sinigallia said...

"Cabelo da Barbie", hahahaha! Muito bom!
Abraços!