14 November 2007

Fly Line, O começo de uma longa história.

Em um esporte como a pesca com mosca, é praticamente impossível dizer que determinada parte do material é menos importante do que a outra. A Melhor vara do mundo (o que também é absolutamente relativo ao gosto do pescador) não irá desenvolver o melhor arremesso do mundo se a linha de mosca (Fly line) não colaborar, entre outros elementos claro... Porém hoje vou dirigir a conversa a linha de mosca, tendo como perspectiva ajudar os colegas iniciantes a comprar uma linha de fly honesta que o possibilite a arremessar de maneira condizente.

Quando comecei no Fly, eu comprei um conjunto da marca Pfluegger, com uma vara +/- uma carretilha bem legal (me arrependo até hoje de ter vendido ela) uma linha de mosca, umas mosquinhas e etc... No momento da compra, o vendedor gente boa me falou : "Colega esse é um bom conjunto de fly, porém a linha de fly não é boa, recomendo você a comprar outra", e eu claro perguntei o preço e ele me disse sem a menor cerimônia... Claro que naquele instante eu infartei !! Só a linha que ele me ofereceu custava 2/3 do valor do final do conjunto todo. Concluí então errôneamente que o vendedor estava tirando proveito da minha ignôrância no esporte.

Bom, quando comecei a pescar em PP usando aquele conjunto, eu estava num estado "Acelerado" da pesca com mosca. Enquanto meus colegas linguiceiros tiravam 2 tilápias na varinha de mão em uma tarde de pesca, eu tirava dez vezes mais na metade do tempo. e neim prestava muita atenção na linha de fly, no cast e etc... Mas, no momento seguinte, quando de fato comecei a me preocupar com arremessar de maneira correta com o loop na ponta da linha e tudo mais, notei então que estava fazendo as coisas de maneira bem errada.

Li muito sobre cast, assisti um vídeo básico de fly em inglês (bem fraquinho por sinal) umas 15 ou 20 vinte vezes. Treinava / pescava todo fim de semana, procurando prestar atenção no que eu estava fazendo de errado. E nada vinha à tona...

Foi quando dando um google no termo "Fly Cast" caí na caterva do Colega Nelson Maciel e Cia Limitada. Nessa pesquisa eu achei um Post, de um dos participantes do fórum, infelizmente não me rocordo mais o nome ou nickname do colega, mas nesse post estava a chave do meu enigma, o colega comentava : "O Conjunto da Pflueger é bem legal, mas a linha de fly que vem no Conjunto é quase uma Level, muito ruim de arremessar". E esse post "Quebrou meu galho". Na mesma época +/- eu comprei um conjunto de fly usado, de qualidade muito, mas muito questionável mesmo. Porém este conjunto usado veio com uma linha de mosca da marca Scientific Angler WFF. A vara desse conjunto usado éra realmente muito ruim, mas ruim mesmo ! Porém a Linha de Fly, casou perfeitamente com a varinha da Pfluegger do primeiro conjunto !

O cast melhorou muito, quero dizer, eu continuava um medíocre, mas um medíocre bem melhor ! Conseguia obter mais controle, um pequeno esboço de loop começava a pintar no arremesso.

Minha grande lição de tudo isso foi : Uma linha de fly meia boca nunca vai somar na qualidade final do arremesso de maneira que uma boa linha de fly vai. Claro que há considerações, Se você é um "Phodão" (sim Phodão com PH) de um Caster, você deve conseguir arremessar qualquer coisa muito bem, muito melhor do que eu.

Ok, vamos a parte prática de tudo isso então. Em se tratando de linhas de mosca, existem diversos fabricantes, tais como Cortland, Scientific Angler, Rio, Wulf, entre tantos outros. Em se tratando da engenharia da linha de mosca, existe uma variedade ainda maior e um tanto complexa. Coisas como : Weight Forward, Double Taper, Level, Shooter, multi-tip, dyna-tip sinking tip, Float, Intermediate, Full sink e por ai a fora. Sem contar coisas realmente específicas que cada fabricante adiciona a seus produtos.

A linha de mosca custa uma quantidade considerável de dinheiro, e se manutencionada de maneira apropriada, dura anos a fio. Logo a escolha de uma primeira linha, é muito importante pois esta tende a lhe acompanhar em muitos anos de pesca com mosca.

Na minha opnião, não há uma grife de linhas de fly, existem sim, empresas com produtos diferenciados, com linhas de produto totalmente diferentes, que vão desde material tradicional, passando por diversas linhas intermediárias até o estado da arte em termos de tecnologia de manufatura de linhas de mosca. Dizer que uma linha de mosca é mais cara por que é de grife, não é de fato um axioma válido.

Basicamente uma linha de mosca é composta de um núcleo, que pode ser tanto um monofilamento quanto uma linha trançada, e de uma manta externa, formada basicamente por um polímero plástico ou algo que o valha.

Existem duas manufaturas mais proeminentes de linhas de Mosca : A Cortland e a 3M detentora da marca Scientific Angler. Existem outras como a Rio e etc... Tanto a Cortland quanto a Scientific angler produzem linhas para outras marcas seguindo especificações técnicas da outra parte. Dos fabricantes citados aqui, apenas a Cortland fabrica a linha de mosca do começo ao fim, inclusive manufaturando o monofilamento utilizado no núcleo de seus produtos. Tanto a 3M quanto os outros selecionam fornecedores de monofilamento e de trançados no mercado. A Manta que envolve o núcleo da linha é de fato o segredo de cada fabricante.

Conheço mais as linhas da cortland e da scientific angler, logo vou me ater a elas. A cortland tem 3 séries de linhas muito conhecidas no mercado todas com diferenças na tradição, no processo de fabricação e nas especificações tecnicas utilizadas para gerir a produção, são estas :
    • Série 333 : Linha mais tradicional da Cortland, produzida da mesma maneira há mais de 50 anos. De fato, primeira linha de fly produzida em polímeros plásticos em escala indústrial. Uma linha de tradição pensanda para uma realidade de equipamentos e performance as quais ainda existem mas já não são tão divulgados mais. Outro fator é que as linhas 333 não possuem núcleo em monofilamento e sim uma aplicação mais densa da manta de polímeros de maneira a formar o núcleo. a grande vantagem da 333 é o preço reduzido. Alguns dizem que esta série não dá performance em varas rápidas de carbono.
    • Série 444 : Linha mais moderna, Pensada para equipamentos mais rápidos e varas de carbono de fato. possuem núcleo em monofilamento . Uma evolução da 333, tanto em processo produtivo, quanto de engenharia. Excelente qualidade, altíssima durabilidade, de valor mais elevado, porém tem seu "por quê"
    • Série 555 : Evolução da 555, tem melhorias do monofilamento utilizado no núcleo e em especial na manta externa nos modelos utilizado em água salgada. Boa durabilidade, custo semelhante ao da 444.
Já da Scientific Angler, tem três séries interessantes de se conhecer, todas as séries porém possuem núcleo em monofilamento são estas :
    • Mastery : Boa Qualidade, altamente durável, A Mastery HeadStart é aconselhada para iniciantes pois possui metragem menor e algumas características que a fazem carregar de maneira muito eficiente durante o cast.
    • Professional : Linhas pensadas para guias de pesca ou pescadores hardcore. a principal característica é a durabilidade. A Professional Ultra 4 bem como a AirCel são muito boas. A airCel em específico tem um custo benefício muito bom !
Existem de ambas as marcas especializações diversas de cada uma das séries, as quais não vou citar, hora por não conhecer hora para tentar manter o texto mais simples.

No fim das contas, você tem que utilizar uma linha que vá se adequar ao resto do seu equipamento, caso exista a possibilidade de testar algumas delas antes da compra é muito recomendável pois você então terá parâmetros empíricos para decidir na compra. Na minha opnião tanto linhas da cortland da série 444 ou da Scientific angler airCel ou ainda da Rio Série MainStream são produtos muito interessantes para se começar. Existem ainda uma outra série produzida pela cortland a AirFlo a qual é muito recomendada para quem está inciando e tem um custo benefício muito desejável. Não consigo porém opniar sobre a durabilidade da mesma.

Gostaria de deixar claro que esta análise aqui é um tanto incompleta e feita de maneira muito mais pessoal do que científica (o que seria impossível para mim e um tanto teórico também) e que de maneira nenhuma promove esta ou aquela marca. Novamente, não acredito em grifes, e sim em produtos.

Em resumo, uma linha Scientific Angler ou Cortland ou Rio Weight forward (peso a frente) Float (flutuante) devem inicialmente somar considerávelmente na qualidade do seu arremesso. Com o tempo, você terá a curiosidade e talvez a necessiade de explorar outras linhas.

Pretendo abordar este assunto, linhas de mosca, em breve para tratar de outros aspectos das mesmas coisas como, dimensões da região de shooter, running, e de especializações das mesmas para espécies ou ainda para climas e tipos de pescarias específicas.

Segue um resultado de uma busca google optimizada para Linhas de mosca

Bom feriado a todos !!

6 comments:

Alberto Seiki said...

Comprei uma Linha da Scientific Angler 6# WF Floating e achei estranho pois a linha é bem mais fina que outras duas de outra marca que eu tenho. Será isso normal ? Ou o vendedor se enganou e trocou a caixa da linha por uma menor.

jguszr said...

Não creio que tenha ouvido um engano...
depende muito do que a linha se destina... verifique a etiqueta que vem no carretel...

hu1000dao_13 said...

ola! me chamo Luciano,tenho uma duvida ,em uma pescadia q fui estava ventando muito eu nem conseguia fazer o cast!!!mas tinha um senhor perto de mim q fazia o cast perfeito mesmo com o vento q estava,agora pergunto sera a gualidade do material q enfluencia tbm ou e mais a tecnica mesmo(a linha influencia?)obrigado.

jguszr said...

Luciano,

A linha Influência sim no arremesso, conforme relatei no Post referido. Agora, no seu caso é complicado dar um palpite melhor.O outro pescador poderia ser um grande caster, e estar também usando um material mais pesado, ou mais adequado a situação.

Obrigado pela participaçao !

luciano said...

desculpe o incomodo mas preciso de sua ajuda! nas condisoes de tempo q eu descrevi a vc gual o conjunto q vc me aconselha ? tenho uma (Daiwa lochmor-x f804 8pes #4 e carretilha Daiwa alltmor-s200 com linha flutuante)com sua ajuda minha mosca voa no vento kkkk...obrigado.

jguszr said...

Luciano,

Considerando condições de muito vento o ideal é um conjunto mais parrudo, como #8 ou no mínimo #6, mais linha tipo Shooter ou BassBug. Agora também é uma questão de treino e conforto.